Neymar marca, Barça vence a Juventus e conquista o penta da Liga

Rakitic, Luis Suárez e Neymar fizeram os gols da vitória catalã

Alemanha – Barcelona e Juventus fizeram a final da Liga dos Campeões da Europa neste sábado, no estádio Olímpico de Berlim. A vitória, e o título, ficou com os espanhóis pelo placar de 3 a 1. Rakitic, Luis Suárez e Neymar fizeram os gols para o time catalão. Morata descontou para os italianos.

Final da Liga dos Campeões (Foto: Odd Andersen/AFP)
Final da Liga dos Campeões (Foto: Odd Andersen/AFP)

Era a oitava final de Liga dos Campeões de cada equipe. A Juventus já havia levado o título duas vezes: 1984-85 e 1995-96. Com o título conquistado neste sábado, o Barcelona sagrou-se o melhor da Europa em cinco oportunidade: 1991-92, 2005-06, 2008-09, 2010-11 e 2014-15.

O JOGO

O Barcelona mostrou serviço logo aos 3 minutos de jogo. Neymar dá bom passe para Iniesta e o meia deixa na boa para Rakitic, sem goleiro tocar para o gol e abrir o placar em Berlim. 1 a 0 Barcelona. O time espanhol seguiu no ataque. Neymar recebe na intermediária, carrega e bate por cima do gol da Juve.

A blitz catalã quase rendeu o segundo gol, aos 11 minutos, mas o goleiro Gianluigi Buffon fez um milagre e defendeu, no reflexo. O rebote ficou com Messi, mas o argentino cabeceou por cima da baliza.

Depois da pressão inicial, a Juventus conseguiu controlar o ímpeto dos espanhóis. Mesmo assim, o Barcelona seguia com mais posse de bola e tentando construir as jogadas de gol, mas todas repelidas. Os lance de perigo só reapareceram aos 39 minutos.

Suárez entrou na área e bateu cruzado, mas a bola foi pra fora. No lance seguinte, Neymar tentou tocar para Messi mas a zaga cortou. Na sobra, Suárez mandou de primeira e Buffon espalma para escanteio.

Na volta para o segundo tempo, o Barcelona seguia com as melhores chances. Messi assumiu as ações e criava boas oportunidades. Mesmo com mais volume de jogo, que conseguiu mexer no placar foi a Juventus.

Marchisio deu um passe açucarado para Lichtsteiner. O suíço deixou para Tévez chegar batendo rasteiro. O goleiro do Barcelona consegui fazer a defesa mas, no rebote, Morata tocou para o gol livre. O tento deu ânimo para os italianos. Mas a resposta foi de Luis Suárez. Em mais um lance de rebote, o Uruguaio aproveitou o chute de Messi, defendido por Buffon, para recolocar os espanhóis na frente. O Barça chegou ao terceiro gol com Neymar, mas a bola tocou na mão do brasileiro antes de entrar e o árbitro atrás da baliza marcou a irregularidade. Nos acréscimos, o brasileiro teve mais um chance.

No contra-ataque, Neymar arrancou até a entrada da área e tocou para Pedro. O espanhol puxou a marcação e devolveu para o brasileiro. Cara a cara com Buffon, foi só tirar do goleiro e comemorar a quinta conquista da Liga dos Campeões na história do Barcelona.

FICHA TÉCNICA BARCELONA 3 X 1 JUVENTUS

Estádio: Olímpico de Berlim (Alemanha)
Árbitro: Cuneyt Cakir
Cartões Amarelos: Vidal (JUV, aos 10′ do 1ºT), Pogba (JUV, aos 41′ do 1ºT), Luis Suárez (BAR, 24′ do 2ºT)
Cartões Vermelhos:
Gols: Rakitic (BAR, 03′ do 1ºT), Morata (JUVm aos 9′ do 2ºT), Luis Suárez (BAR, 23′ do 2ºT), Neymar (BAR, 51′ dos 2ºT)

Barcelona: Ter Stegen, Daniel Alves, Piqué, Mascherano e Jordi Alba; Busquets, Rakitic (Mathieu, aos 45′ do 2ºT) e Iniesta (Xavi, aos 32′ do 2ºT); Messi, Suárez (Pedro, 49′ do 2ºT) e Neymar. Técnico: Luis Enrique.

Juventus: Buffon, Lichtsteiner, Barzagli, Bonucci, Evra (Coman, aos 43′ do 2ºT), Marchisio, Pirlo, Pogba, Vidal (Roberto Pereyra, aos 34′ do 2ºT), Tevez, Morata (Llorente, aos 39′ do 2ºT). Técnico: Massimo Allegri.

O DIA

Comentários

comentários