Narcotraficante mexicano El Chapo é transferido para prisão de onde fugiu

Foto Divulgação
Foto Divulgação

As autoridades do México transferiram, nessa sexta-feira (8), o narcotraficante Joaquín El Chapo Guzmán para a prisão de alta segurança de Altiplano, de onde ele fugiu há seis meses. A transferência foi feita horas depois do anúncio de sua captura, no estado de Sinaloa (Noroeste), pelo presidente Enrique Peña Nieto.

El Chapo é líder do cartel de Sinaloa. Em 11 de julho de 2015, ele fugiu da cadeia de alta segurança, conseguindo escapar da cela por um túnel com 1,5 quilômetro e com ligação a uma casa situada fora da área do estabelecimento penal.

“Guzman vai ser levado novamente para [a cadeia de] Altiplano”, a cerca de 90 quilômetros da capital, anunciou a procuradora-geral do México, Arely Gomez, antes de ele ser levado para um helicóptero militar, na presença de câmeras de televisão.

A prisão ocorreu na madrugada de ontem, durante operação da Secretaria da Marinha na localidade de Los Mochis, em Sinaloa, região de onde provém Guzmán e a maioria dos mais famosos narcotraficantes mexicanos.

Esta foi a segunda detenção de El Chapo, após duas fugas espetaculares da prisão em 14 anos.

Segundo a procuradora-geral, uma das razões que levou à captura foi a descoberta de que ele tinha iniciado contatos com pessoas ligadas à área cinematográfica para fazer um filme.

“Um aspecto que permitiu precisar a sua localização foi a descoberta da intenção de Guzmán de fazer um filme biográfico, para a qual fez contato com atores e produtores”, declarou Arely Gomez antes da apresentação do detido à imprensa.

Comentários

comentários