Murer fracassa após susto no aquecimento e está fora no salto com vara

fabiana Murer não conseguiu superar seus fantasmas de olimpíadas e não avançou para as finais da prova feminina de salto com vara da Rio-2016. Diante da torcida presente no Engenhão, a atleta brasileira caiu fora do colchão no aquecimento e na classificação não ultrapassou a marca de 4,55m nas três tentativas.

Murer

No segundo grupo, ela, que seria a primeira a saltar, decidiu começar a classificação apenas nos 4,55m e, na primeira tentativa, não ultrapassou o sarrafo, assim como Braz. Decepcionada com a investida inicial, a brasileira também parou no sarrafo na segunda chance, nos mesmos 4,55m.

Pressionada e indignada com os fracassos anteriores, a brasileira foi para a terceira tentativa com os mesmos 4,55m e derrubou o sarrafo, encerrando sua participação nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

Na mesma prova, Joana Costa não conseguiu passar para fase final. Ela não superou a marca de 4,15m e encerrou sua participação na Rio-2016. As outras atletas estavam saltando em 4,30m quando a brasileira foi eliminada.

Suas principais rivais tiveram êxito nos respectivos saltos. A cubana Yarisley Silva saltou com sucesso 4,55m na terceira tentativa. As norte-americanas Jennifer Suhr, atual campeã olímpica, e Sandi Morris conseguiram se ultrapassar na segunda chance, com 4,55m também.

A atleta de 35 anos é o maior destaque individual na modalidade do país nos últimos anos. Ela foi campeã mundial duas vezes (2010 indoor e 2011 ao ar livre) e conquistou a Liga Diamante em duas oportunidades (2010 e 2014). Por isso era esperança de medalhas para o Brasil. O melhor resultado de Fabiana nesta temporada é de 4m87.

Na noite de segunda-feira, Thiago Braz conquistou a medalha de ouro e se tornou o primeiro brasileiro a chegar no lugar mais alto do pódio do salto com vara em Olimpíadas.
A final da prova feminina de salto com vara será na sexta-feira (19)

Fantasmas

Nos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008, a atleta sofreu o seu primeiro baque quando não encontrou uma de suas varas antes do início da final. Ela procurou de todas as formas, foi reclamar com a organização e não achou. Então desconcentrada, ela acabou em 10º lugar.

Nas Olimpíadas seguintes, em Londres-2012, ela chegou como uma das favoritas à medalha de ouro. Apesar disso, ela não teve sorte e pegou um dia de muito vento na qualificação, ficando de fora das finais.

Comentários

comentários