Multidão lota lojas e Walmart e Maxxi fecham antecipadamente

Oferecendo produtos a preços promocionais – com descontos de cerca de 50% – as duas lojas do Maxxi atacado e a unidade do Walmart no shopping Bosque dos Ipês ficaram lotadas na tarde desta terça-feira (29). O motivo das promoções é o fechamento de 3 das quatro lojas do grupo em Campo Grande, que, de acordo com a assessoria do Walmart, acontece por conta do atual ambiente econômico no Brasil.

Devido a confusão causada lojas foram fechadas nesta terça-feira
Devido a confusão causada lojas foram fechadas nesta terça-feira Foto Paulo Francis

A unidade de atacado da Avenida Ernesto Geisel e da Avenida Coronel Antonino foram fechadas por volta das 14h,

Na da Coronel Antonino, a grande quantidade de pessoas gerou tumulto e equipes da Polícia Militar e do Batalhão de Choque foram acionados para impedir que as pessoas não invadissem o local. Uma pessoa chegou a passar mal dentro do mercado.

A entrada estava sendo liberada aos poucos, conforme as pessoas que estavam dentro iam saindo. Porém, os consumidores que estavam do lado de fora começaram a atrapalhar a saída dos que estavam dentro e foi tomada a medida de fechar as portas.

Muitas pessoas estão em frente a loja ainda e reclamam que ficaram horas esperando para poder entrar e fazer as compras. Outras reclamam que foram informadas de que haveria expediente até às 21h de hoje e amanhã até às 17h. Uma placa informando que a loja encerrou as atividades foi colocada no portão, indicando que os clientes se dirijam à unidade Walmart da avenida Mato Grosso.

Uma aposentada que não quis se identificar, contou a equipe de reportagem da Página Brazil que saiu da sua casa, no bairro Nova Bahia para aproveitar as promoções porem se deparou com o mercado fechado.

“Isso é propaganda enganosa, eles divulgaram nos sites de notícias que iriam fechar as portas só amanhã, ai fecham hoje, isso é uma absurdo”, desabafa.

Já o policial aposentado de 55 anos que se apresentou apenas como Benevides, alegou que chegou ao mercado às 13h, mas só conseguiu ir até o pátio do mesmo, e logo em seguida a policia militar pediu que as pessoas que estavam naquele local se retirassem.

“Fiquei das 13 às 15h esperando para entrar, quando eu achei que ia entrar veio a policia e pediu pra gente sair, fiquei muito chateado com tudo isso”, conta.

Uma dona de casa de 55 anos que mora a duas quadras do mercado contou que chegou às 8h30min no estabelecimento e só conseguiu sair por volta das 17h devido as enormes filas nos caixas.

“Estou desde a parte da manhã aqui, ainda nem almocei. Houve um pequeno tumulto porque o pessoal que estava fora queria entrar, mas ainda bem que a policia controlou tudo. Foi muito cansativo mas valeu a pena por conta do preços dos produtos como carne, peixe, frango, que estão pela metade do preço”, explica.

A loja da avenida Ernesto Geisel também foi fechada pela segurança. Os veículos também não puderam entrar no estacionamento, ficaram do lado de fora e parte da avenida teve de ser interditada.

O supermercado do shopping Bosque dos Ipês também encerrou as atividades por hoje.

Comentários

comentários