Mulher mata namorado a machadadas e queima o corpo

A mulher confessou o crime e segundo a Polícia Civil, ela alegou agir em legítima defesa.

A Polícia Civil de Água Clara/MS, por meio do S.I.G (Setor de Investigações Gerais), prendeu ontem (28), em flagrante uma mulher, M.D. S, pelo crime de homicídio e ocultação de cadáver, que segundo a autora do crime, teria acontecido na noite da última terça-feira (27).

Foto Divulgação
Foto Divulgação

Segundo os agentes, eles foram informados de que poderia ter ocorrido um crime de homicídio em uma chácara na zona rural do município. Os Investigadores foram até o local e começaram a conversar com a moradora, M. D. S, que era a suspeita do crime. Durante a entrevista, notaram que havia uma fogueira queimando nos fundos do quintal da chácara e ao verificarem notaram fragmentos de ossos com característica humana em meio ao fogo e lenha que queimava.

Os agentes apagaram o fogo e verificaram que se tratava, de fato, de uma ossada que queimava, identificando várias partes de ossos e tecido (carne). Segundo informações foi encontrada uma chave em meio às cinzas e verificaram que a mesma servia na fechadura da casa da vítima, onde localizaram documentos que ajudaram na sua identificação.

Foto Divulgação
Foto Divulgação

De acordo com a polícia, M. B. S acabou confessando ter matado o namorado na noite do dia 27 com golpes de machado na cabeça, levou o corpo até os fundos do quintal e ali ateou fogo com lenha e gasolina, permanecendo durante a madrugada e a manhã do dia seguinte (28), alimentando o fogo para consumir todo o cadáver.

Os agentes informaram que a autora do crime alegou agir em legítima defesa durante uma briga, na qual o namorado teria apanhado uma faca para ameaçá-la.

A vítima foi identificada como L. C. S., vulgo “Mantena”.

Segundo os investigadores, o local do crime foi periciado e os instrumentos e vestígios apreendidos. A autora foi autuada em flagrante delito por crime de homicídio simples e ocultação de cadáver, permanecendo recolhida a disposição da Justiça. (Radio Caçula)

Comentários

comentários