Mulher é flagrada com cocaína escondida em cinta modeladora

Da Redação/JN

Uma mulher tentava transportar a cocaína da fronteira no MS para o Estado de Goiás. A passageira já tinha passagem por porte ilegal de arma de fogo no mês passado.

A Polícia Rodoviária Federal realizou a apreensão da cocaína na BR-060, próximo ao Km 417, em Sidrolândia/MS, durante abordagem a um coletivo que seguia de Ponta Porã/MS até Campo Grande/MS. na tarde de ontem (13).

Durante fiscalização ao coletivo, Policiais Rodoviários Federais observaram nervosismo extremo de uma passageira, de 19 anos, além de informações contraditórias sobre a natureza de sua viagem na fronteira com o Paraguai. Diante dos indícios, uma Policial Rodoviária Federal que conduzia a abordagem questionou a autora quanto à existência de ilícitos escondidos em suas vestes, momento este em que, face ao nervosismo da passageira, ficou evidenciada a suspeita.

Nos registro da Polícia já constava que a mulher tinha se envolvido em crime anterior. Ela portava um Alvará de Soltura expedido em 19 de maio de 2017, pois foi presa há cerca de um mês na cidade de Dourados/MS por porte de arma e munições. Na audiência de custódia várias medidas foram impostas como condicionantes à sua liberdade, dentre elas, não ingressar em região de fronteira.

Foto Divulgação PRF

Em busca pessoal, foram encontrados sob uma cinta presa ao corpo da autora 04 (quatro) sacos plásticos com uma substância granulada, de cor branca e oleoso com odor característico dos derivados da cocaína. A passageira informou que havia comprado 1 Kg (um quilograma) de cocaína por R$ 6.000 (seis mil reais) e levaria até Guapo/GO.

A autora e a droga foram apresentadas na Delegacia da Polícia Civil em Sidrolândia/MS, onde após pesagem, constatou-se que se tratava de 1 Kg (um quilo) de cocaína.

Comentários

comentários