Mulher dá abrigo a colega de trabalho e acaba sendo estuprada

A polícia prendeu em flagrante na madrugada de hoje (30) um homem de 24 anos após ele ter estuprada uma colega de trabalho, de 30 anos.

O crime aconteceu na rua Luiz Chinabria, no Jardim Bálsamo, em Campo Grande. A vítima tinha dado abrigo ao colega por ele não ter onde morar;

O suspeito não teve a identidade revelada pela polícia
O suspeito não teve a identidade revelada pela polícia

Segundo informações do registro policial, o caso aconteceu por volta das 4 da manhã. Um vizinho ouviu gritos e pedidos de socorro da vítima e decidiu chamar a polícia. Ele pensou, inicialmente, que se tratava de um caso de violência doméstica.

Ele chegou a gravar o barulho produzido na tentativa de reunir provas caso se tratasse mesmo de um crime.

Quando os policiais do pelotão do Aero Rancho chegaram ao local, perceberam que o autor estava dentro da casa tentando coagir a vítima a não abrir a porta. Após insistência dos PMs, ele saiu e se identificou como namorado da moça.

Percebendo que a vítima estava assustada e com medo do agressor, os policiais a afastaram dali e ela conseguiu dizer que havia sido estuprada.

Ela disse que não é amiga do autor, mas que trabalham juntos em uma empresa de limpeza das ruas da Capital. Há alguns dias, porém, ele disse que não tinha onde morar e pediu a ela para dormir na varanda da casa.

Com pena, a mulher disse que autorizou que ele fosse dormir em sua casa após vê-lo dormindo em um papelão. Quando voltava da escola, foi surpreendida por ele, que a ameaçou e obrigou a manter relações sexuais com ele.

A polícia não divulgou a identificação do autor, mas ele foi preso em flagrante e encaminhado à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga.

A vítima irá passar por exames de corpo de delito para que seja comprovado o ato. As gravações de áudio feitas pelo vizinho também foram entregues à polícia.

Comentários

comentários