Mudança no imposto reduz preço dos combustíveis a partir de quinta-feira

O preço de referência para o ICMS muda na quinta-feira. (Foto:Chello Fotógrafo/Futura Press/Estadão Conteúdo)
O preço de referência para o ICMS muda na quinta-feira. (Foto:Chello Fotógrafo/Futura Press/Estadão Conteúdo)

O preço de referência dos combustíveis para o cálculo do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) muda na próxima quinta-feira (16) e deve provocar uma leve redução no preço do álcool e da gasolina.

De acordo com a tabela de preços divulgada pelo Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária), o preço médio da gasolina caiu de R$ 3,829 para R$ 3,817. O álcool etanol, por sua vez, teve uma redução maior, passando de R$ 3,047 para R$ 3,014.

O ICMS representa entre 25% e 30% do valor do combustível, de acordo com o estado, e é calculado segundo o valor médio apurado pelo Confaz. A queda do valor médio reduz o custo do imposto.

Em São Paulo, o valor atribuído pelo Confaz para o litro da gasolina passou de R$ 3,501 para R$ 3,455. O litro do álcool que custava R$ 2,286 caiu para R$ 2,187. Uma redução de quase R$ 0,10.

No Rio de Janeiro, o litro do álcool caiu de R$ 3,238 para R$ 3,133, segundo o Confaz. Em Brasília, o valor do álcool passou de R$ 3,059 para R$ 2,951. Nos estados do Acre, Bahia, Ceará, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Sul o valor médio dos combustíveis não sofreu alteração.

Na comparação com o cenário do início de maio, houve queda no preço do álcool e elevação no preço da gasolina. O etanol estava custando R$ 3,148 e caiu para R$ 3,014, ou seja, uma queda de 4,25% em um mês. A gasolina, no entanto, aumentou 0,7%, passando de R$ 3,788 no início de maio para R$ 3,817, na última tabela do Confaz.

Comentários

comentários