MS estuda programa de apoio à criação de gado para o abate precoce

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Produção e Agricultura Familiar de Mato Grosso do Sul (Sepaf), publicou no diário oficial desta sexta-feira (6) decreto que institui um grupo de trabalho para organizar e estruturar um novo programa de apoio à criação de gado para o abate precoce.

06precoçe

Segundo a publicação, os estudos serão realizados por conta da necessidade de se promover adequações na legislação estadual que trata do apoio à criação de gado para o abate precoce, para adequá-la à atual conjuntura econômica de Mato Grosso do Sul.

O Grupo de Trabalho, composto por oito membros que serão designados por ato posterior do Governador do Estado, terá representantes da Sepaf, que será coordenadora dos trabalhos; Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz); Embrapa Gado de Corte; Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), por intermédio da Superintendência Federal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento em Mato Grosso do Sul (SFA-MS); Associação Sul-Mato-Grossense dos Produtores de Novilho Precoce (ASPNP); Federação de Agricultura e Pecuária do Estado (Famasul); Sindicato das Indústrias de Frios, Carnes e Derivados do Estado (Sicadems); e Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul (Acrissul).

Para os estudos e apresentação do relatório técnico ao governador do Estado, Reinaldo Azambuja, o grupo terá um prazo de 30 dias, que pode ser prorrogado apenas uma vez, por mais um mês.

Comentários

comentários