Motorista tem carreta roubada e passa 16 horas como refém na BR-359

Diorgio Aparecido de Souza Oliveira, de 27 anos, foi submetido aos piores momentos de sua carreira como motorista, entre a tarde desta segunda-feira (18) e a manhã desta terça-feira (19), na BR-359 em Alcinópolis. O jovem passou 16 horas como refém de assaltantes que roubaram a carreta que ele conduzia.

19dezhors

Oliveira contou que seguia pela BR-359 em um bitrem Scania G380, com placas de Maringá (PR), e ao chegar no trevo de Alcinópolis foi abordado por quatro homens armados em uma pick up branca que o obrigaram a parar.

De acordo com Oliveira, em seguida dois dos assaltantes entraram na cabine, apontaram a arma pra sua cabeça, anunciaram o assalto e disseram para ele seguir em direção a Coxim.

Cerca de 20 quilômetros depois um dos bandidos mandou que ele parasse, cobrisse o rosto com uma coberta e descesse junto com ele. O outro assaltante seguiu viagem com a carreta para Coxim escoltado pela pick up, e Oliveira foi levado para a mata fechada, onde permaneceu a noite inteira na mira de um revólver.

Por volta das 8 horas desta terça-feira, os três bandidos retornaram para buscar o outro que havia ficado para trás e disseram a Oliveira que a carreta estava abandonada num posto de combustíveis em Coxim, pois aquele não era o veículo que eles pretendiam pegar.

Depois que os assaltantes foram embora, a vítima conseguiu pedir ajuda numa fazenda e veio até Coxim, onde registrou o caso na 1ª Delegacia de Polícia Civil.

O veículo ainda não foi encontrado.

Com Informações Edição de Notícias

Comentários

comentários