Motociclistas ganham faixa exclusiva em semáforos na capital

Motociclistas de Campo Grande ganharam, nesta quarta-feira (9), uma faixa exclusiva para espera nos semáfotos em vários cruzamentos da região central. Segundo a prefeitura municipal, o projeto “Moto na Frente”, da Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran) tem objetivo de aumentar a segurança para motociclistas e evitar acidentes.
“O número de acidentes com de trânsito é um grande flagelo para a saúde pública com traumas decorrentes de acidentes com motociclistas. Nos estamos iniciando essa sinalização horizontal para tentar evitar acidentes e reorganizar o fluxo. È um projeto simples que dá certo já temos essa informação em outras cidades. Vamos tentar expandir para as avenidas de grande fluxo e bairros”, explica o prefeito.

Foto Kerolyn Araújjo
Foto Kerolyn Araújjo

Segundo o diretor de Trânsito da Agetran(Agência Municipal de Transporte e Trânsito)Carlos Alberto Pereira, esse projeto é baseado na resolução n°5550/2015 do Contran, onde permite em caráter experimental essa sinalização. Ele explica que essa medida visa diminuir o conflito gerado por condutores de moto e carros dando, mas seguranças para ambos e até para os pedestres. “Esse projeto já foi implantado com sucesso em Fortaleza, São Paulo e ao José dos Campos. Essa medida pretender evitar acidentes principalmente colisão lateral. Só aqui em Campo Grande a Agetran registra 18 acidentes envolvendo motociclistas em Campo Grande”, ressalta Pereira.

Pereira comenta que a Agetran vai fazer por uma semana uma campanha educativa para os motoristas e motociclistas se conscientizarem sobre essa nova faixa de segurança. “ Nos vamos fazer uma avaliação durante 45 dias para saber sobre número de infrações , acidentes e se for positivo vamos expandir para outras vias como a Lúdio Coelho Martins. Tudo vai ser levado em conta a adaptação das pessoas, as avaliações dos próprios usuários”, explica.

Ele comenta ainda que a faixa para os motociclista é opcional ele pode ou não usar , mas caso o motorista ultrapassar a faixa de contenção será multado com infração média que está em volta de R$ 127 reais.

O mecânico Cezar Mainardi, 62 anos, explica que esse projeto vai ajudar a diminuir os acidentes é muito bom para conscientizar e educar a população. “Tudo que for para ajudar a diminuir os acidentes esta valendo”, explica.

Já o vigilante Alexandre Candelaria , 37 anos, que só tenho a moto como meio de transporte comenta que a faixa para motos e importante para que evite os corredores e vai ajudar a diminuir os acidentes.

Comentários

comentários