Motociclista que morreu após bater em caçamba fazia parte da equipe de sertanejos

O motociclista Thiago Segovia Araújo, de 31 anos, que morreu após se chocar em uma caçamba na madrugada de hoje (3) na avenida Três Barras, em Campo Grande, integrava à equipe de apoio da dupla Munhoz e Mariano.

Via Instagram, a dupla lamentou a morte do colaborador (Foto: Reprodução)
Via Instagram, a dupla lamentou a morte do colaborador (Foto: Reprodução)

Hoje de manhã, via Instagram, os cantores lamentaram a morte e postaram homenagens a ele.

Mariano lembrou dos momentos em que Thiago o ajudava e sobre a tristeza em perder um amigo. “Não consigo expressar a tristeza que está meu coração nesse momento. MEU DEUS!!! Descanse em paz meu irmão, eu nunca vou esquecer do seu olhar ali nesse canto pra mim sempre atento, obrigado por cuidar de mim e das minhas coisas com o amor que sempre fez, obrigado por ser esse amigo tão dedicado que sempre foi comigo! Descanse em paz meu anjo!”, postou no Instragram.

Pelo Instragram, Munhoz também homenageou o amigo. Ele postou um quadro preto e na legenda escreveu: “Tristeza tristeza tristeza”.

O acidente, segundo o BO, Thiago conduzia uma moto Biz e entrou na contramão da via e bateu em uma caçamba de entulho que estava em cima da calçada.

Próximo ao coletor de entulho, havia um fio preso com várias sacolas plásticas na cor branca sinalizando a obra.

Com o impacto, o corpo de Thiago rompeu o fio de sinalização e ele teve um corte no pescoço. O motociclista chegou a ser socorrido por uma equipe do Samu (Serviço de Atendimento Médico de Urgência), mas não resistiu.

De acordo ainda com a ocorrência, a vítima não era habilitado para conduzir moto.

O caso foi registrado como acidente de trânsito com vitima fatal provocado pela própria vítima na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga.

Comentários

comentários