Motociclista morreu na BR-262 atingido por dois carros

O motociclista Kleiton Lombardi, de 36 anos, morreu na noite de quarta-feira (8) em um acidente na Rodovia BR-262, trecho entre Ribas do Rio Pardo e Campo Grande. Ele seguia em uma motocicleta POP, quando foi atingido por trás por um Uno e depois que caiu foi atropelado por segundo veículo, cujo motorista fugiu.

Motocicleta ficou enroscada parte da frente do veículo Fiat Uno (

O motorista do Uno parou para prestar socorro e foi interrogado na delegacia plantonista da Vila Piratininga. De acordo com o delegado Cleverson Alves, o rapaz, de 23 anos, declarou que a moto não tinha iluminação e o local onde a batida aconteceu é escuro. Por isso não visualizou a vítima.

Ainda na versão do motorista, Kleiton foi atropelado por segundo veículo. “Disse que a moto estava toda apagada e que apenas sentiu a pancada. Pouco à frente parou e viu momento em que condutor de outro carro atropelou o motociclista. Esse outro condutor também teria parado, mas havia uma mulher dentro do carro chorando bastante e ele fugiu”, declarou a autoridade policial. Motorista do Uno disse que não viu o modelo do veículo e não conseguiu anotar dados da placa.

Perícia e Polícia Civil também estiveram no local e o caso é tratado como homicídio culposo, quando não há intenção, na direção de veículo automotor.

Comentários

comentários