Motociclista ferido em acidente com 5 veículos segue internado em estado grave

As quatro vítimas do acidente entre cinco veículos por volta das 15h30 da tarde dessa segunda-feira (1º), na Avenida Ernesto Geisel no cruzamento com Rua José Paes de Faria, na Vila Jaci, em Campo Grande., continuam internadas na Santa Casa.

Foto Luana Campos
Foto Luana Campos

Segundo informações da assessoria de imprensa do hospital, o estado mais grave é do motociclista Alexandre Carlos Cavalcanti de Carvalho Junior, 29 anos, que teve uma parada cardíaca no local da colisão. Após o engavetamento, o motociclista ficou debaixo de uma Hilux, que teve de ser erguida. Ele foi reanimado pelos Bombeiros e está na área vermelha do pronto socorro da Santa Casa, que é onde ficam os pacientes graves. Ele teve trauma no tórax e respira por aparelhos.

As duas mulheres que ocupavam a Hilux, Viviane Vila Jabour – 49 anos e Maria Cecilia Godoy – 34 estão conscientes e orientadas. O motorista da L200, Humberto Adriano Rotilli – 46 anos, apontado como responsável pela colisão, sofreu ferimento no braço. Ele último aguarda cirurgia ortopédica.

Acidente

A colisão foi no cruzamento da avenida Ernesto Geisel com a rua José Roberto Paes Faria. O motorista do Gol, Joaquim Carlos Silva Teixeira, de 30 anos, relatou que viu a L200 vindo em altíssima velocidade. Ele observava a cena pelo pelo retrovisor, “Eu estava na pista da esquerda e deu para ver que ele veio chutado, há uns 130 Km ou até mais”, depois disso ele afirma que não lembra de mais nada.

Joaquim e o motorista da Montava Ricardo Ferreira Borges, foram socorridos, mas sem gravidade.

O boletim de ocorrência explica que não foi possível determinar as causas do acidente. O motociclista, que está em estado grave, não possui CNH (Carteira Nacional de Habilitação), porém, o registro revela que ele não foi o causador do acidente.

Comentários

comentários