Mostra de cinema celebra os 107 anos de imigração japonesa no Brasil

CineMIS_Mostra-Cinema-Japones_O-conto-da-Princesa-Kaguya
O Conto da Princesa Kaguya (Dir. Isao Takahata, 137 min, Colorido, 12 anos)

Em sua quinta edição a ‘Mostra de Cinema Japonês’ realizada de 22 a 26 de junho no Museu da Imagem e do Som comemora a imigração japonesa no Brasil e a amizade entre os dois povos.

Realizado pela Associação Esportiva e Cultural Nipo-Brasileira de Campo Grande (AECNB) junto com o Museu da Imagem e do Som o evento tem entrada franca e apresenta filmes premiados com temas diversos e abrangentes.  A curadoria é do músico e roteirista Jean Albernaz.

O cinema japonês é conhecido por sua pluralidade de estilos, temas e formas e por sua  “japonesidade” inerente ao que produzem mesmo quando tentam copiar o cinema ocidental. A mostra vem oferecer ao público um olhar sobre a rica e diversa produção japonesa com filmes que têm dificuldade em serem distribuídos no Brasil, mas que tem qualidade legitimada por prêmios e festivais.

O Cão que Guarda as Estrelas (Dir. Tomoyuki Takimoto, 128 min, Colorido, Livre)
O Cão que Guarda as Estrelas (Dir. Tomoyuki Takimoto, 128 min, Colorido, Livre)

Os filmes a serem exibidos são o drama em preto e branco “Intendente Sansho” (Sanshô dayû), de Kenji Mizoguchi; a animação “O Conto da Princesa Kaguya” (Kaguyahime no monogatari), de Isao Takahata; “A Maldição da Mulher Cega” (Kaidan Nobori Ryu), de Teruo Ishii; “O Cão que Guarda as Estrelas” (Hoshi Mamoru Inu), de Tomoyuki Takimoto, e “Por Que Você Não Vai Brincar no Inferno?” (Título em inglês: Why Don’t You Play in Hell), de Shion Sono.

Serviço

As exibições acontecem de 22 a 26 de junho (segunda a sexta-feira), sempre às 19 horas e com entrada franca. O Museu da Imagem e do Som fica no Memorial da Cultura, na avenida Fernando Correa da Costa, 559, 3º andar. Para mais informações sobre a programação do museu acesse www.mis.ms.gov.br. O e-mail do MIS é [email protected]. Telefone: (67) 3316-9178.

com informações da Fundação de Cultura de MS

 

 

Comentários

comentários