Morto em troca de tiros com PM tinha passagens por tráfico e porte de arma

Jackson Nogueira

Foi identificado como José Bruno dos Santos, 23 anos, o homem morto em confronto com a Polícia Militar após roubo de caminhonete S-10, na tarde de ontem (19), no Bairro Nova Lima, em Campo Grande. O comparsa dele, Maike Caetano Monge, 20 anos, foi preso em flagrante. Durante investigação sobre o caso, policiais descobriram que os autores criaram grupo no WhatsApp para planejar roubos.

José Bruno tinha passagens pela polícia desde 2013, quando foi investigado por tráfico de drogas. Ele também respondeu pelos crimes de tráfico de drogas, perturbação do sossego e porte irregular de arma de fogo.

Ele teve o corpo reconhecido pelo pai ainda na tarde de ontem.

O CASO

Policiais militares do 9º Batalhão faziam rondas na Avenida Mascarenhas de Moraes, no Bairro Monte Castelo, em Campo Grande, quando foram chamados por vítima e informados sobre roubo de caminhonete S10 que tinha acontecido minutos antes.

Os militares saíram em busca dos criminosos e acabaram localizando na Avenida Gualter Barbosa, na região do Bairro Nova Lima.

Houve confronto e José Bruno morreu. O assaltante, que tinha o apelido de Alemão, deu um tiro contra os PMs, que revidaram e o acertaram.

O outro ladrão, Maike Caetano, não estava armado. Ele chegou a fugir, mas acabou entregando-se pouco tempo depois.

Comentários

comentários