Morre na capital paranaense o camisa 10 do Coritiba e campeão de 85

Morreu na madrugada desta terça-feira Toby, camisa 10 da conquista do título do Campeonato Brasileiro de 1985 pelo Coritiba.

Toby marcou época no Coritiba (Foto: Coritiba)
Toby marcou época no Coritiba (Foto: Coritiba)

Aos 53 anos, ele foi vítima de um infarto fulminante. O velório será no Couto Pereira e o clube decretou luto oficial por três dias.

Dorival Mateus da Costa, nascido em 18 de fevereiro de 1962, em Uraí, no norte do Paraná, chegou ao Coxa em 1978 indicado por um pedreiro que fazia reparos no estádio alviverde.

Sua estreia no profissional do Coxa foi no ano seguinte, contra o União Bandeirante, com a presença de sua família que torcia das arquibancadas.

Ênio Andrade o colocou na equipe nos minutos finais daquela vitória por 3 a 0. Naquele ano, Toby conquistou seu primeiro título paranaense com a camisa coxa-branca.

Toby foi emprestado ao Cruzeiro e também ao Operário de Ponta Grossa e retornou ao Verdão para sagrar-se campeão brasileiro.

Com a camisa 10, o então meia armador levantou a taça de campeão de 1985. Seu único gol na competição foi na vitória sobre o São Paulo, em 27 de janeiro.

Sua despedida do Coxa foi na cidade de Santo Antônio da Platina, no norte do Paraná, em um amistoso disputado contra a Platinense.

Ao todo, foram 128 jogos oficiais pelo Coritiba. Depois, Toby foi transferido ao Bangu, onde jogou por quatro temporadas. Ainda passou pelo Vitória da Bahia, pelo Juventus de Jaraguá do Sul, Iraty e Sinop.

Confira a nota do Coritiba:

A diretoria administrativa coxa-branca, em nome de atletas, comissão técnica e corpo funcional, transmite suas condolências à família.

Obrigado, Toby, pela dedicação ao Coritiba Foot Ball Club.

BAND

Comentários

comentários