Mesmo com atraso, plantio da soja em MS chega a 45% da área

A semeadura da safra 2016/2017 de soja está 7,6% atrasada na comparação com o mesmo período do ciclo 2015/2016. Isso se deve à escassez de chuvas principalmente na região norte do estado, segundo levantamento do Siga MS (Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio), da Aprosoja/MS (Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul).

Plantio da soja em MS chega a 45% da área (Foto: Divulgação)
Plantio da soja em MS chega a 45% da área (Foto: Divulgação)

Os dados foram divulgados na Circular Técnica n° 182, da Casa Rural, na quinta-feira (27). Com o solo apresentando pouca umidade devido à falta de precipitações pluviométricas, muitos produtores optaram por adiar o início do plantio. De acordo com a Aprosoja/MS, foram plantados até o momento aproximadamente 1,1 milhão de hectares em Mato Grosso do Sul, o que significa que 45,4% das lavouras do estado já foram semeadas.

Também segundo as informações apuradas em campo pelos técnicos do Siga MS, verifica-se que a região sul do estado está com porcentagem média de área plantada mais avançada, em torno de 56,5%. Nesta região, o município de Coronel Sapucaia já encerrou a semeadura. Outras cinco cidades do sul do estado já se aproximaram de 80% de área plantada.

Na região norte, no entanto, apenas 24,7% das lavouras foram semeadas. Os municípios de Alcinópolis, Camapuã e Paraíso das Águas ainda não iniciaram o plantio. Já a região centro apresenta 31,2% da área plantada, sendo o município de Bandeirantes o mais avançado, com 40% do plantio concluído.

Estimativas

Até o momento, estima-se aumento de 2,4% da área plantada em Mato Grosso do Sul, passando de 2,46 milhões de hectares na safra 2015/16, para 2,52 milhões de hectares na safra 2016/17. Além disso, também é projetado acréscimo de 2,4% na produção do grão, passando de 7,601 milhões de toneladas na safra anterior.

Comentários

comentários