Mesmo após cassação, Pedra será reaproveitado no PDT

O presidente regional do PDT, deputado federal Dagoberto Nogueira, disse durante encontro regional do partido que aconteceu na manhã desta sexta-feira (20), na Câmara Municipal de Campo Grande, que mesmo com a cassação do vereador Paulo Pedra, sentenciada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nesta semana, ele poderá ser reaproveitado dentro da legenda. “A decisão é injusta, Ele é um companheiro íntegro, que não será abandonado pelo PDT”, afirmou.

Foto Silvio Ferreira
Foto Silvio Ferreira

Dagoberto ainda disse que o vereador vai entrar com recurso para recorrer da decisão proferida pelo ministro-relator do STE, Admar Gonzaga Neto, que cassou além do mandato de Pedra, os mandatos dos vereadores Thais Helena, do PT, e de Delei Pinheiro, do PSD, por compra de votos.

“Ele vai entrar com recurso e nós estamos confiantes e ao lado da vitória. Nós vamos continuar também ao lado do prefeito Alcides Bernal”, finalizou.

Silvio Ferreira

Comentários

comentários