Menino de dez anos desaparece no Anhanduí e mobiliza Corpo de Bombeiros

O Corpo de Bombeiros e dezenas de moradores se mobilizam, desde às 14h30 desta terça-feira (3), em busca de um menino de 10 anos, identificado como Hugo, que desapareceu no Rio Anhanduí, na saída para Sidrolândia.

Foto Paulo Francis
Foto Paulo Francis

Segundo o amigo da vítima, eles saíram da aula na Escola Municipal Gonçalina Faustina de Oliveira, no Jardim Tarumã, e foram tomar banho no rio, quando o estudante se afogou. O Corpo de Bombeiros está com equipe no local fazendo as buscas na Rua Martim Pescador no Bairro Ouro Preto.

De acordo com o tenente Nascimento do Corpo de Bombeiros, dois homens estão dentro do rio fazendo buscas a nado livre, dois nas margens e outros homens foram até a escola na redondeza verificar se Hugo estuda no local, para encontrar os pais da criança. “O rio tem aproximadamente três metros de profundidade e a correnteza aparenta estar forte por conta das pedras no fundo”, explica o sargento.

Segundo um menino de 9 anos, amigo de Hugo, contou aos bombeiros, ele não entrou na água porque ficou com medo. O outro entrou e acabou sumindo no rio, que nasce no Centro da Capital a partir dos córregos Prosa e Segredo. Ele relatou ter visto o amigo erguendo os braços e pedir socorro.

Existe a possibilidade da testemunha ter ficado muito nervosa e confundido o que viu, mas as buscam continuam até a localização dos pais da criança desaparecida. O local do desaparecimento é a continuação da avenida Ernesto Geisel, o que atrapalha nas buscas é o difícil acesso e a cor escura da água. Um Polícia Militar está ajudando na localização dos pais da criança.

Paulo Francis

Comentários

comentários