Melhor chef de cozinha do mundo em 2015 é achado morto na Suíça

Benoit Violier, eleito ‘Chef do ano” em 2015. Foto EFE

O chef de cozinha Benoit Violier, considerado um dos melhores do mundo, foi encontrado morto em sua casa, em Crissier, na Suíça, nesse domingo (31). O franco-suíço, de 44 anos, teria cometido suicídio, de acordo com as primeiras suspeitas da polícia.

Violier comandava o restaurante do Hotel de Ville de Crissier, que possui três estrelas no guia Michelin. Em 2015, ele foi nomeado “chef do ano” pelo guia Gault & Millau e, há três semanas, obteve o título de “melhor restaurante do mundo” pela “La Liste”.

A polícia disse que o chef teria se matado com uma pistola, mas as causas do falecimento ainda não foram confirmadas. A morte de Violier acontece seis meses depois da de Philippe Rochat, que foi seu mentor e seu predecessor no Hotel de Ville. O chef tinha assumido a cozinha do restaurante suíço em 2012. (Terra)

Comentários

comentários