Médica fala sobre tratamento estético para a pele do rosto

Remédios-caseiros-para-as-manchas-no-rostoO Página Brazil recebeu no inicio da tarde desta terça-feira (26), a médica Luciana Matos Sobreira, que nos falou sobre o “Novo Rosto”, que envolve as novas tendências estéticas para o tratamento da pele do rosto. O envelhecimento e suas marcas aparecem com o passar dos anos, mas muitas vezes vem provocado pela pessoa com aplicação de muitos e diferentes produtos, bem como com intervenções no rosto que prejudicam a pele e muitas das vezes não é o ideal a ser feito ou mesmo necessário. Com isto, a médica nos faz um alerta e recomenda precauções com a pele já danificada ou mesmo desde a adolescência para prevenir qualquer problema.

A profissional menciona um dado importante sobre o hidratante e protetor solar, que a maioria da população não usa, pensando que só na praia ou piscinas é que deve utilizar. “As pessoas aqui pensam e até agem, leva muito para praia, clube e não lembra ou tem ciência que em Mato Grosso do Sul, não tem o mar, mas que o sol é tanto quanto ou pior que na exposição na areia da praia. Aqui temos uma temperatura muito forte e que provoca danos até específicos no clima local”, aponta Luciana.

O vídeo com entrevista da médica ainda nos mostra que é prejudicial o uso indiscriminado de produtos ou ‘tratamento caseiros’. Como ainda, que hoje, como se pensa, não é caro um tratamento ou simples uso de algo para manter a pele saudável. “É bom lembrar que a orientação de um especialista é essencial, antes de passar qualquer produto no corpo e ainda mais no rosto. E hoje, não tem desculpa de que material caro, porque existem produtos de todos os preços, um simples sabonete pode contribuir muito para resolver um problema ou não te-lo”, comentou.

Luciana ainda lembra que as pessoas não podem usar ou tem que verificar além da procedência, o teor de cremes, ainda mais os importados, que servem para uma pele e outra não. “Muitas pessoas pesquisam e querem experimentar cremes de fora, mas precisam se lembrar que os produtos de estéticas são quase igual a remédios, tem que ter indicação. Além de saber que o inverno da Europa e dos Estados Unidos é mais rigoroso do que o nosso. E os cremes nacionais são mais suaves e adequados ao nosso clima. Não se pode inventar nada, tem que ir ao médico para ter o encaminhamento adequado”, mencionou.

Vídeo

Veja no video algumas dicas da médica com orientações ou simples fala que remete a pontos que vemos ou as pessoas praticam no dia-a-dia,

Comentários

comentários