MC Pedrinho, funkeiro de 13 anos é impedido de fazer shows

A Promotoria de Justiça de Santana, em São Paulo, recebeu liminar do Juízo da Infância e da Juventude que proíbe as apresentações do cantor mirim MC Pedrinho, de 13 anos, em qualquer cidade do Brasil, sob pena de multa de R$ 50 mil. Também foi determinada a retirada de todo conteúdo relacionado ao artista das redes sociais. O cantor, que tem mais de 600 mil fãs no Facebook e 35 milhões de visualizações no YouTube, chegava a fazer até 20 shows por mês – as músicas têm forte apelo sexual.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Após receber críticas sobre as letras das canções, Pedrinho começou a mudar de estilo. No entanto, além do primeiro sucesso “Dom dom dom”, a maioria das composições dele tem palavrões e conteúdo erótico, consideradas, segundo o Ministério Público, “pornográficas e incompatíveis com a condição peculiar de pessoa em desenvolvimento”.

Como forma de contribuição – mesmo que indireta à superexposição indevida da imagem de MC Pedrinho – o MP deve intimar as empresas que mantêm anúncios publicitários nas redes sociais com os conteúdos dos vídeos e áudios relacionados ao trabalho do cantor para prestarem esclarecimentos.

Comentários

comentários