Marquinhos anuncia criação de duas secretarias e reforma de outras

O prefeito eleito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), anunciou, em entrevista ao Bom Dia MS da TV Morena desta segunda-feira (31), a extinção de algumas secretarias municipais, mas não especificou quais. Em contrapartida, afirmou que vai criar duas pastas: uma voltada para pessoas com deficiência e outra, para assuntos fundiários.

Prefeito eleito durante entrevista na TV morena na manhã desta segunda-feira Foto Reprodução
Prefeito eleito durante entrevista na TV morena na manhã desta segunda-feira Foto Reprodução

“Essas pessoas [com deficiência] não são olhadas pelo poder público”, declarou Marquinhos Trad, completando que não vai descuidar de nenhum ser humano, mas que vai correr atrás da habitação. “Campo Grande cresceu muito em favelas e tem que ter olhar atento da administração. Quem gosta de invasão é o invasor. Uma sociedade civilizada não permite invasão.”

Sobre secretariado, o prefeito eleito destacou que tem poucos nomes em aberto. “Essa equipe eu tenho. Vou anunciá-la no momento oportuno. São técnicos, alguns são políticos, mas com competência técnica. Até porque o tempo exige isso. O momento que a sociedade clama é acabar com política do toma lá da cá. Ninguém suporta mais conchavos”, declarou.

Questionado sobre o fato de a maioria dos vereadores eleitos não ser da mesma coligação que ele ou de apoiadores, Trad frisou que quer harmonia com a Câmara Municipal. “Eleitos os 29 vereadores, o objetivo é igual ao meu: o bem de Campo Grande. Eu sempre soube me relacionar com qualquer pessoa. Não terei problemas com a Câmara Municipal. Eu sei respeitar o Legislativo. Projetos de lei vou discutir com eles, porque é casa propícia para discutir projeto de lei.”

Nesse sentido, Marquinhos pontuou que não acredita que os 15 vereadores eleitos pela coligação da candidata derrotada no segundo turno, Rose Modesto (PSDB), vão fazer oposição a ele. “Não vou criar base. Acho que governante que cria base quer fazer coisa errada. Vou conversar com todos os vereadores.”

O prefeito eleito respondeu a perguntas enviadas por telespectadores sobre diversos temas, como transporte coletivo, lixão, coleta seletiva, asfalto, saúde e cargos comissionados.

Marquinhos Trad garantiu ainda que é contra aumento da tarifa de ônibus e que, na gestão dele, não vai ter aumento de impostos. “Não vou onerar bolso do cidadão”. Além disso, anunciou corte de gastos na administração. “Para aumentar a arrecadação, tem que cortar na própria carne”.

Comentários

comentários