Marcos Valério propõe delação premiada na Lava Jato

A defesa de Marcos Valério propôs aos procuradores da Operação Lava Jato um acordo de delação premiada em troca de benefícios em eventuais novos processos e redução da pena de 37 anos que cumpre por participação no esquema do Mensalão. A informação é do jornal O Estado de S.Paulo.

Foto: Agência Brasil
Foto: Agência Brasil

Valério estaria disposto a revelar elos entre os dois escândalos. A proposta foi levada aos procuradores do Paraná no fim de 2015, mas o Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, analisará o pedido, uma vez que todos os réus do Mensalão foram julgados pelo STF (Supremo Tribunal Federal), inclusive aqueles que não tinham foro privilegiado.

No ano passado, os investigadores da Lava Jato citaram um trecho do depoimento de Marcos Valério de setembro de 2012 à Procuradoria-Geral da República para pedir a prisão do pecuarista José Carlos Bumlai.

Terra

Comentários

comentários