Marcha a Brasília mobiliza prefeitos de Mato Grosso do Sul

Os prefeitos de Mato Grosso do Sul se prepararam para participar da XIX Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios que ocorrerá entre os dias 9 e 12 de maio.

No último ano de mandato, os gestores públicos vão em busca de mais recursos e da aprovação de matérias de interesse dos municípios que estão na pauta no Congresso Nacional.

O presidente da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), prefeito de Nova Alvorada do Sul, Juvenal Neto (PSDB), considera importante a participação não apenas dos prefeitos, mas de secretários municipais e vereadores durante os três dias da mobilização organizada pela CNM (Confederação Nacional de Municípios).

Prefeitos confirma presença na marcha (Foto: Edson Ribeiro )
Prefeitos confirma presença na marcha (Foto: Edson Ribeiro )

Segundo Neto, o momento é oportuno a fim de que os prefeitos de todo o país possam sensibilizar as bancadas federais de seus estados a aprovarem os projetos que estão emperrados no Congresso Nacional mesmo diante do impasse vivido atualmente envolvendo a comissão especial ue analisa o pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff.

“Realmente, o clima é de tensão no Congresso, mas nós prefeitos temos de fazer a nossa parte no sentido de mudar a situação caótica vivida pela maioria dos municípios brasileiros”, sugeriu o dirigente, que tem mobilizado os colegas visando mais um movimento municipalista.

MOBILIZAÇÃO 

Assim como em anos anteriores, os gestores municipais serão recebidos por deputados e senadores no próximo mês.

As reuniões de bancadas estão entre os momentos mais relevantes da Marcha, isso porque é a oportunidade para os prefeitos se reunirem com os parlamentares e apresentarem as reivindicações do movimento.

Ums das reivindicação do movimento municipalista é rever o contexto federativo prevendo a realização de um estudo para a revisão constitucional no que diz respeito à reforma política, à reforma do sistema tributário e à reforma do Estado Brasileiro – que visa à redução das despesas públicas referentes a custeio tanto no poder central como nos estados e municípios, além da descentralização da receita na União e a transferência dos recursos para a execução das políticas públicas no município.

A Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios é uma mobilização democrática, realizada anualmente desde 1998, e tornou-se o maior evento político do Brasil, do qual participam, além de prefeitos, secretários municipais, vereadores, senadores, governadores, parlamentares estaduais e federais, ministros e representante do Palácio do Planalto. (Assessoria Assomasul)

Comentários

comentários