Manifestações contra governo acontecem em BH, Curitiba, Brasília e SP

Manifestações contra a nomeação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para a Casa Civil  acontecem nesta quarta-feira (16) em São Paulo, Belo Horizonte e Brasília.

Em Brasília, um pequeno grupo de petistas entrou em confronto com centenas de manifestantes que protestam contra a nomeação em frente ao Palácio do Planalto. Houve correria e a polícia agiu com truculência entre os manifestantes, com uso de cassetetes e spray de pimenta.
16acabou
Neste momento, a Praça dos Três Poderes, uma da principais vias de acesso à região central de Brasília, está tomada por manifestantes e o trânsito no local foi parcialmente bloqueado. O grupo grita palavras de ordem e pede a saída de Lula e do PT.
A polícia ainda está reforçando o contingente no local. Manifestantes chegaram a gritar que iriam invadir o Planalto, o que não ocorreu. Um cordão de isolamento da polícia foi formado em frente de toda a extensão do Palácio.
O grupo que está fazendo a manifestação é formado, em sua maioria, por funcionários que, na saída do trabalho, resolveram protestar.

Em São Paulo, pequeno grupo de manifestantes começa a protestar na avenida Paulista.

Em Belo Horizonte, ato em protesto contra a indicação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para a Casa Civil. Segundo a PM, são cerca de 50 pessoas. Carregando bandeiras do Brasil e faixas de protesto, as pessoas entoam palavras de ordem como “não vai ter golpe” e “nossa bandeira jamais será vermelha”, o grupo interdita o tráfego no entorno da Praça da Liberdade, na região centro-sul da capital mineira. Um dos grupos identificados como idealizadores do protesto se intitula “Brava Gente Brasileira”. Inicialmente, a convocação teria sido feita por telefone entre os participantes e pelas redes sociais.

Em Curitiba, o tom da manifestação é o apoio ao juiz Sergio Moro.

Comentários

comentários