Luiza Ribeiro deixa o cargo de secretária no Ministério da Cultura

Ex-vereadora Luiza Ribeiro deixa o cargo de secretária da Cidadania e Diversidade Cultural do Ministério da Cultura, (Reprodução/Facebook)

A ex-vereadora Luiza Ribeiro (PPS), pediu demissão do cargo de secretária da Cidadania e Diversidade Cultural do Ministério da Cultura. A decisão ocorreu horas após o GLOBO revelar que ela já havia pedido “Fora, Temer” nas redes sociais e chamado o ministério do peemedebista de corrupto.

Luiza foi nomeada pelo ministro da Cultura Roberto Freire, que aceitou seu pedido de demissão.

Em seu perfil no facebook, a ex-vereadora explicou a demissão. “Não tive como me desfazer de compromissos profissionais e pessoais que tenho em CG, pois teria que me transferir integralmente para Brasília onde cumpria expediente diário. Assim, preferi solicitar meu desligamento e não assumir as funções para as quais fui nomeada. Agradeci ao Ministro Roberto Freire pela indicação”.

DEMITIDA

Segundo o jornalista de Ilimar Franco, do O Globo, Luiza Ribeiro foi demitida. Conforme matéria publicada em sua coluna na edição de ontem (5). A publicação dizia que a secretária da Cidadania e Diversidade Cultural do Ministério da Cultura havido sido demitia,  dizendo que Ribeiro, foi uma das vozes do “Fora Temer”, nas redes sociais.

 

De acordo com a matéria foi o próprio ministro que a nomeou recentemente, Roberto Freire, foi quem pediu sua saída. E encaminhou sua demissão, para ser publicada no Diário oficial, à Casa Civil.

O jornalista replicou também uma fala que seria do Ministro, “Não tinha porque ela ficar. Não sabia disso. Não sigo ela no Facebook”, disse Freira.

 

 

 

Comentários

comentários