Lucas Lima se diz em casa na Vila, mas não descarta Palmeiras: ‘Vou ficar desempregado?’

Gazeta Press

O futuro de Lucas Lima só será definido a partir de dezembro. Com contrato terminando no final do ano e proposta em mãos para renovar com o Santos, o camisa 10 também desperta interesse do Palmeiras e de clubes chineses.

Após o empate em 1 a 1 com a Ponte Preta, nesta quinta-feira, em Campinas, pelo Campeonato Brasileiro, o meia foi questionado sobre o possível adeus ao clube. Mesmo declarando amor ao time de Vila Belmiro, o jogador deixou aberta a possibilidade de jogar pelo rival Palmeiras.

“Eu sempre falei: Santos é a minha casa, estou feliz. Quem está na mídia são vocês. Vocês têm que provar, não eu que tenho que provar. Deixo a porta aberta. Se o Santos não me quiser, vou ficar desempregado? Futebol é dinâmico. Vou resolver a minha vida quando acabar o Brasileiro”, declarou Lucas Lima na saída do gramado.

O Santos ofereceu R$ 45 milhões a Lucas Lima até o fim de 2020. Os salários do meia dobrariam para cerca de R$ 600 mil, com bônus por metas alcançadas e aumentos anuais. Porém, Guangzhou Evergrande e Hebei Fortune, da China, ofereceram valores maiores. Além disso, o Palmeiras também sinalizou com uma proposta superior a do alvinegro.

O presidente Modesto Roma ainda aguarda uma resposta sobre a renovação com Lucas Lima. Porém, o mandatário já demonstra pessimismo com a permanência do camisa 10 e revelou que chegada de um novo armador será fundamental no próximo ano.

Comentários

comentários