Lipoaspiração, silicone e sorriso novo: Jady Bolt dá repaginada no visual

Jady Duarte, conhecida como Jady Bolt, vai fazer tratamento com o dentista Enis Miranda Junior Foto: Arquivo pessoal
Jady Duarte, conhecida como Jady Bolt, vai fazer tratamento com o dentista Enis Miranda Junior Foto: Arquivo pessoal

Uma semana após ficar famosa, Jady Bolt percorre o mesmo caminho de muitas celebridades instantâneas. De olho na mídia que seu nome pode trazer, alguns profissionais decidiram procurá-la para oferecer seus produtos e serviços. E Jady já sai lucrando. Nesta sexta, ela passou praticamente o dia no dentista. Como várias estrelas da TV, a carioca de Campo Grande vai ter seu sorriso repaginado por lentes de contato. Cada dente encapado custa em média R$ 3 mil.

Jady Duarte: repaginada no visual
Jady Duarte: repaginada no visual Foto: Arquivo pessoal
Jady Duarte e Bolt: ela diz que tem mais fotos
Jady Duarte e Bolt: ela diz que tem mais fotos Foto: reprodução

Na segunda-feira, será a vez de mexer no corpo. Jady vai se submeter a uma lipo e ganhar próteses de silicone nos seios. — Engordei muito depois que tive meus dois filhos. Era magrinha — diz ela, que não é adepta de academia: — Juro que tento me cuidar, mas falta tempo e dinheiro também. Ela só não quer mexer no cabelo, que Jady faz questão de dizer que é natural. Mas uma profissional já ofereceu à moça que encantou o jamaicano Usain Bolt um alongamento dos fios. No total, serão cerca de R$ 80 mil investidos na transformação. Nada vai sair do bolso dela.

Jady Duarte faz o raio de Usain Bolt
Jady Duarte faz o raio de Usain Bolt Foto: Márcio Alves / Extra
Jady Duarte posa para o EXTRA
Jady Duarte posa para o EXTRA Foto: Márcio Alves / Ex

Jady Duarte, ou Jady “Bolt”, como foi apelidada após fisgar o jamaicano, disse ao EXTRA que sua vida nao é mais a mesma: “Virou um inferno”. Ela experimentou pela primeira vez o gosto da fama, e, ainda que o ache amargo, a carioca de 20 anos, moradora de Campo Grande, sonha dar uma vida melhor aos filhos, um menino, de 2 anos, e uma menina, que faz 1 no mês que vem. “Quero dar do bom e do melhor para eles. Vou aproveitar as oportunidades que surgirem”, planeja.

Ela não sabe bem ao certo que oportunidades são estas. “Quero poder comprar uma casa, em nome de Jesus”, diz ela, que é católica. Sobre Usain Bolt, Jady continua cheia de dedos. Diz que tem mais fotos com o supercampeão, mas garante que não são comprometedoras. “Ele não se importou de tirá-las comigo”, afirma. Por um momento, ela diz ter se arrependido de mandar para as amigas o registro das duas horas que passou com o herói olímpico jamaicano: “Como eu poderia saber que iriam vazar? Quando acordei e vi os compartilhamentos, pensei: ‘ferrou, o mundo inteiro vai saber’”.

Comentários

comentários