Lama Asfáltica, unificação do ICMS e greve de professores em CG devem mobilizar deputados estaduais

O presidente da Assembleia Legislativa de MS, Júnior Mochi, informou que “na retomada dos trabalhos legislativos no segundo semestre, a Casa acompanhará de perto aos desdobramentos da Operação Lama Asfáltica da Polícia Federal e à medida que os parlamentares tenham acesso oficial às informações da operação, os deputados realizarão uma reunião para definirem qual o procedimento adequado que a Casa deverá tomar: se a abertura de uma CPI ou outra medida jurídica cabível.”

Foto Silvio Ferreira
Foto Silvio Ferreira

Na esfera federal, o presidente anunciou ainda “a realização de reunões para definir as ações da bancada estadual junto à bancada federal, relativas à discussão da unificação da alíquota do ICMS porque nós temos números que demonstram que essa proposta quebra o estado”, alertou.

Mochi ainda informou que a AL deve realizar reuniões para discutir a paralisação na Reme (Rede Municipal de Ensino) na capital, porque, “mesmo sem querer ingerir nas responsabilidades e atribuiçãções da administração municipal na Capital é impossível [para a AL] ignorar uma crise que se arrasta há tanto tempo”.

Silvio Ferreira

Comentários

comentários