Kim Kardashian deixa a França após ser assaltada e ter 11 milhões de dólares levados

A socialite Kim Kardashian deixou a França em um avião particular depois de ter sido assaltada a mão armada em um apartamento de Paris. Ela visitava a cidade para participar do Paris Fashion Week. O jornal “Daily Mail” obteve fotos dela deixando o país acompanhada de seu guarda-costas pessoal, Pascal Duvier, e da sua assessora. Kim cobriu a cabeça com um lenço preto.

Kim Kardashian na Paris Fashion Week: socialite foi assaltada na cidade Foto: Reprodução do Instagram
Kim Kardashian na Paris Fashion Week: socialite foi assaltada na cidade Foto: Reprodução do Instagram

Um porta-voz informou à rede de TV “CNN” que Kim estava “profundamente abalada, mas fisicamente ilesa” após o incidente.

Segundo o “Daily Mail”, ela teve 11 milhões de dólares, cerca de R$ 35 milhões, roubados em joias. Kim foi abordada por cinco homens mascarados armados vestidos como policiais. Os homens roubaram uma caixa de joias com peças no valor de 6,7 milhões de dólares e um anel no valor 4,5 milhões de dólares. Uma fonte informou à publicação que o valor poderia chegar a 16 milhões de dólares (R$ 52 milhões). Kim também perdeu dois telefones.

Os ladrões entraram no prédio por volta das 2h30 da manhã e algemaram o guarda noturno. Depois, entraram no quarto de Kim, a ameaçaram com uma arma, a amarraram e a trancaram no banheiro. O marido de Kim, Kanye West, estava se apresentando num festival em Nova York, nos Estados Unidos, quando o assalto ocorreu e encerrou o show mais cedo.Uma fã que estava no local filmou a hora em que o rapper interrompeu o show no Meadows Fest. “Desculpe, há uma emergência familiar e preciso para o show”.
Os filhos do casal Norh, de 3 anos, e Saint, de 10 meses, não estavam no quarto no momento do assalto. Bem como a irmã de Kim, Kourtney Kardashian. As duas tinha ido a um desfile da marca Givenchy antes do assalto.

Comentários

comentários