Justiça recebe denúncia contra Vaccari, Léo Pinheiro e mais dez

A Justiça de São Paulo aceitou nesta sexta-feira (14) denúncia apresentada pelo Ministério Público Estadual contra o empreiteiro José Aldemário Pinheiro Filho, o Léo Pinheiro, da OAS, e o ex-tesoureiro do PT e ex-presidente da Cooperativa Habitacional dos Bancários (Bancoop) João Vaccari Neto e outras dez pessoas por irregularidades relacionadas a oito empreendimentos.

A denúncia foi recebida pela juíza Maria Priscilla Ernandes Veiga Oliveira, da 4ª Vara Criminal da Barra Funda.  Vaccari é acusado de associação criminosa, falsidade ideológica e violação à lei do condomínio, que diz que é crime contra a economia popular promover incorporação, fazendo, em proposta, contratos, prospectos ou comunicação ao público ou aos interessados, afirmação falsa sobre a construção do condomínio, alienação das frações ideais do terreno ou sobre a construção das edificações.  Léo Pinheiro é acusado de associação criminosa e estelionato.

A magistrada excluiu da ação os nomes do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, da ex-primeira-dama Marisa Letícia, e de Fábio Lula da Silva e Igor Ramos Pontes, por entender que a denúncia contra eles, relacionada ao imóvel 164-A do edifício Solaris, foi apresentada pelo Ministério Público Federal e recebida pela 13ª Vara Federal de Curitiba.

Comentários

comentários