Juízes de MS vestem preto em apoio a Sérgio Moro

Na tarde desta quinta-feira (17) em Campo Grande, 32 Juízes realizaram um ato de desagravo ao juiz Sérgio Moro, responsável pela operação Lava Jato. Os magistrados desceram a rampa interna do Fórum “Heitor Medeiros” vestidos de preto como forma de manifestar apoio ao juiz, que recentemente quebrou o sigilo do processo da Operação Lava-Jato, divulgando conversas telefônicas do ex-presidente da República e ministro da Casa Civil, Luiz Inácio Lula da Silva, e da Presidente Dilma Rousseff (PT). Os diálogos sugerem esquema para nomear Lula como Ministro para que tenha foro privilegiado durante as investigações.

17desagravao
Magistrados desceram a rampa do Fórum de Campo Grande de preto na tarde de hoje

O juiz Luiz Felipe Medeiros Vieira, presidente da Amansul (Associação dos Magistrados de Mato Grosso do Sul), leu um manifesto da Associação que declara total apoio ao juiz federal Ségio moro, repudia todo meio que tenta perturbar a independência do poder judiciário e apoia integralmente o combate à corrupção no país.. “O ato foi uma iniciativa de juízes inconformados com as pressões sofridas por Moro”, disse.

“Segundo o manifesto, as atitudes de Moro foram tomadas dentro dos tramites da lei.

Comentários

comentários