Juiz dá 4 horas para Solurb recolher lixo hospitalar em 70 locais

Saiu no começo d tarde deste domingo (13), uma liminar favorável à prefeitura de Campo Grande que obriga a Solurb e o STEAC/MS ( Sindicato dos Trabalhadores em Asseio e Conservação de Mato Grosso do Sul) a retomarem a coleta de lixo hospitalar na cidade. Os serviços estão parados desde a última quarta-feira.

O secretário Ivandro ao lado do juiz Maurício Petrauski. (Foto: Assessoria de imprensa/PMCG)
O secretário Ivandro ao lado do juiz Maurício Petrauski. (Foto: Assessoria de imprensa/PMCG)

Na decisão o juiz Maurício Petrauski dá 4 horas para que os serviços sejam executados. Mas esse prazo só deve começar a contar a partir da notificação das partes.

Na cidade, são 70 estabelecimentos, entre hospitais, postos de saúde e laboratórios, que geram lixo hospitalar. Na volta da coleta, o juiz pede atenção especial aos maiores estabelecimentos, como a Santa Casa.

Segu,do a decisão, se a ordem seja descumprida, a multa será de R$ 30 mil para cada hora de atraso na coleta.

Comentários

comentários