Jovem é preso com inseticida e autuado por crime ambiental

Rudinei de 21 anos, foi preso com mais de 6 Kg de inseticida sem origem. (Foto: Ivinoticias/DP)
Rudinei de 21 anos, foi preso com mais de 6 Kg de inseticida sem origem. (Foto: Ivinoticias/DP)

Na manhã desta sexta-feira (15) por volta das 8 horas a policia militar de Amandina recebeu uma denúncia de que um lava jato localizado na rodovia MS-276 saída para Nova Andradina, um individuo estaria comercializando e armazenando veneno de origem duvidosa e que também havia escondido no interior do comercio dentro de um tambor de sal alguns produtos oriundos de um furto, ocorrido em uma fazenda próxima ao distrito.

Conforme apurou o Site Ivinoticias, os policiais diante das informações foram até o local, para verificar os fatos e no local o jovem Rudinei Gomes Lopes de 21 anos, vulgo Nino autorizou os policias a vistoriar o local sendo que em um tambor foram encontrados em três embalagens de um produto tóxico, sendo este um inseticida Nuprid 700WG, marca Nufarm, totalizando 6,405 Kg, sendo que o autor começou a entrar em contradição sobre a origem do veneno, aonde disse que era de um tio e depois disse que era seu.

No local também foi verificado que no tambor tinha uma bolsa com algumas sacolas plásticas, local aonde teria os produtos furtados informados pelo denunciante, mas já não havia mas nada.
Diante dos fatos Nino e os inseticidas sem origem foram encaminhados para a delegacia de policia civil de Ivinhema para as devidas providencias o delegado titular de Ivinhema Dr. Ricardo Cavagna autuo o meliante como crime ambiental e estipulou uma fiança de R$ 3152,00 e a sua pena pode chegar a quatro anos de prisão.

Com informações IviNotícias

Comentários

comentários