Jovem baleado no lugar do amigo morre no hospital

Jovem baleado na rodovia MS-470 morreu ontem, no Hospital da Vida, em Dourados. Segundo a polícia, o tiro era para um amigo dele. Mas, Renato da Silva Andrade, 26 anos, residente em Douradina, foi atingido e morreu no Hospital da Vida, uma semana depois.

No dia 7, Renato foi atingido por um tiro no rosto e acabou morrendo uma semana depois - Foto: Osvaldo Duarte/Arquivo
No dia 7, Renato foi atingido por um tiro no rosto e acabou morrendo uma semana depois – Foto: Osvaldo Duarte/Arquivo

De acordo com a polícia, ele seguia num veículo pic up Saveiro de Douradina, em companhia do colega, quando foi baleado. O atentado ocorreu na saída de Piraporã, distrito de Itaporã.

Eles passavam por um quebra-molas, quando um rapaz identificado como Odair Belarmino, de 23 anos, teria atirado com uma espingarda de pressão que, segundo a polícia, havia sido adulterada para calibre 22.

Renato, que estava no banco do carona, foi atingido com um tiro na testa. De acordo com o delegado de Itaporã, um membro da família de Odair teria discutido com o amigo de Renato. O tiro era dirigido ao rapaz de 21 anos, que estava ao lado de Renato, que acabou baleado e morreu na manhã de ontem.

Odair se apresentou à polícia, na manhã do dia 8, e teria confessado a autoria do crime motivado por revanche. Depois de saber da discussão do rapaz com um parente dele, pegou a espingarda, esperou na rodovia, na saída de Piraporã. Quando o veículo passou, Odair seguiu numa motocicleta, atirou, mas acertou Renato. Ele vai responder por homicídio.

Comentários

comentários