Jornalista inglês é detido na Indonésia por posse de haxixe

O ex-correspondente de guerra David Matthew Fox, que trabalhou para a agência Reuters por 20 anos, e o australiano Giuseppe Serafino foram presos em Bali, na Indonésia, por posse de haxixe.

Jornalista britânico David Fox foi preso por posse de haxixe na Indonésia (Foto: Sonny Tumbelaka/The New York Times)
Jornalista britânico David Fox foi preso por posse de haxixe na Indonésia (Foto: Sonny Tumbelaka/The New York Times)

David Fox cobriu diversos conflito no Afeganistão, Iraque, Timor Leste e Kosovo, desastres naturais no Paquistão e no Sri Lanka e os genocídios no Zaire e em Ruanda, para o The New York Times e Reuters.

Em comunicado oficial, a polícia de Bali informou que Fox, de 54 anos, alegou que tinha começado a usar haxixe devido ao estresse depois de ter participado da cobertura do conflito da Somália como jornalista da Reuters.

A polícia de Bali encontrou pouco mais de 17 gramas de haxixe com Fox e  também com um amigo que estava com ele, Serafino em Sanur, uma cidade à beira-mar em Bali, no sábado (8).  Serafino (48), que vive em Bali desde 2011, disse à polícia que começou a usar o haxixe depois que ele foi diagnosticado com câncer.

Eles podem pegar até 20 anos de cadeia se forem condenados.

Comentários

comentários