Jornal inglês afirma que Pato é disputado por Chelsea e Manchester United

Alexandre Pato deve se transferir para o futebol inglês (Foto: Instagram )
Alexandre Pato deve se transferir para o futebol inglês (Foto: Instagram )

O atacante Alexandre Pato, do Corinthians, deve mesmo se transferir para o futebol inglês. De acordo com informações do jornal britânico “Daily Mail”, o jogador é disputado pelos gigantes Chelsea e Manchester United.

No Chelsea, o técnico Guus Hiddink deseja desesperadamente um atacante, já que Falcao García e Remy têm lutado contra as lesões e não conseguem uma sequência de jogos. Já o United quer uma opção para os titulares Rooney e Martial.

– Eu sabia que um dia bateria na minha cabeça essa ideia de jogar na Inglaterra, porque eu acho o Campeonato Inglês o número 1 do mundo. É muito competitivo – disse Pato ao “Daily Mail”.

– Falei com Willian, Firmino, Coutinho e David Luiz antes. Eu acho que os jogadores brasileiros podem jogar aqui. Você precisa de uma mistura de talento e inteligência e os jogadores brasileiros têm isso – acrescentou.

Alexandre Pato tem contrato com o Corinthians até o fim do ano e o clube paulista deseja negociá-lo o quanto antes. Enquanto não define o seu futuro, Pato segue treinando em São Paulo, no CT do Timão. Ele não viajou para os Estados Unidos, onde o campeão brasileiro faz a sua pré-temporada.

Confira o restante da entrevista de Pato abaixo.

E a questão física… você acha que seria um problema para você no futebol inglês?

“Eu não acho que a parte física do futebol Inglês seja um problema. Quando você pega a bola, você precisa estar pronto. Os defensores aqui são muito difíceis de ser batidos, mas eu gosto disso, do contato”.

O que você gosta mais no Campeonato Inglês?

“Eu gosto da emoção do Campeonato Inglês. Você olha para a TV e vê aquele estádio cheio, os torcedores. Lembro-me que quando joguei na Inglaterra, contra o Arsenal, eles demonstraram ser fortes e rápidos. A minha característica principal é a minha velocidade. Eu sou rápido. Acho que isso é bom, porque o futebol aqui é muito rápido”. (Extra)

Comentários

comentários