Joesley Batista deixa mansão e se refugia na casa do pai

VEJA/JP

O empresário Joesley Batista deixou a sua mansão no Jardim América e se refugiou em um dos dois apartamentos de seu pai (avaliados em 32 milhões, cada um) em um edifício no Jardim Europa de São Paulo.

Em tempos mais ditosos, anos antes da delação premiada, houve, no mesmo local, até almoços embalados com show privado da dupla Bruno & Marrone.

Um vizinho indignado conta como encontrou o empresário da JBS na garagem do prédio: “Estava de cabeça baixa, sem falar com ninguém e de cabelinho ralo como um presidiário. Dei bom dia, mas na próxima vou falar do mal que ele fez ao Brasil”. Nessa ocasião, dois carros com seguranças escoltavam Joesley.

Comentários

comentários