Irmão do ‘Barão da Droga’ Jarvis Pavão é excutado na fronteira

Por volta das 18h dessa terça-feira, dia 14, homens armados mataram com 8 tiros de pistola 9mm Ronny Chimenes Pavão, de 38 anos, que é o irmão de Jarvis Gimenes Pavão.

Crime aconteceu na tarde dessa terça-feira

A vítima saia de uma academia na cidade de Ponta Porâ, Brasil, fronteira com o Paraguai quando foi alvejada.

A polícia Militar foi acionada e isolou o local até a chegada dos peritos para os procedimentos de praxe.

Jarvis Pavão

O traficante brasileiro Jarvis Gimenes Pavão, acusado de mandar matar o ex-sócio e concorrente Jorge Rafaat para assumir o controle do crime organizado na fronteira seca do Brasil com o Paraguai.

Natural de Ponta Porã, onde tem familiares inclusive com influência na política local, Jarvis Pavão se tornou traficante internacional depois que se instalou em Balneário Camboriú (SC) na década de 90 e assumiu a distribuição de drogas na região sul do país.

Condenado a 17 anos de prisão por tráfico de drogas e lavagem de dinheiro em Santa Catarina, Pavão se refugiou no Paraguai, onde se tornou ainda mais poderoso e se aliou até às Farc (Forças Revolucionárias da Colômbia).

Também se aliou a Jorge Rafaat e foi preso no final de 2008 em uma fazenda na região de fronteira com o Brasil. Em junho deste ano foi acusado de tramar a execução de Rafaat, ocorrida no centro de Pedro Juan Caballero.

Atualmente Jarvis Pavão cumpre pena de oito anos no Paraguai e existe um pedido do governo do Brasil para a extradição dele para o território brasileiro. O processo está em andamento na Suprema Corte do Paraguai.

Comentários

comentários