Investigado pela PF joga dinheiro pela janela, em Pernambuco

Um suspeito de envolvimento em um esquema de desvio de recursos públicos da Hemobras -estatal de pesquisas relacionadas a sangue- arremessou dinheiro pela janela de seu prédio, em Recife, ao ver a chegada da Polícia Federal, durante Operação Pulso, deflagrada em cinco Estados nesta quarta (9).

Dinheiro foi jogado pela janela Foto: Reprodução
Dinheiro foi jogado pela janela Foto: Reprodução

No vídeo feito no local, há maços de dinheiro jogados no chão do estacionamento do prédio do suspeito, que não teve o nome divulgado. A assessoria da PF não soube dizer a quantia jogada pela janela. A operação cumpre 28 mandados de busca e apreensão em Pernambuco, Piauí, Paraíba, Minas Gerais e São Paulo, além de dois mandados de prisão temporária.

A operação investiga irregularidades em licitações e contratos de logística, além de fraude na construção da fábrica de medicamentos da empresa em Goiana, a 60 quilômetros do Recife, que começou a ser erguida em 2010.

Dois diretores e outro funcionário da Hemobras foram afastados. A Polícia Federal investiga os crimes de peculato, corrupção passiva e ativa, evasão de divisas, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

A Polícia Federal afirma que, durante a operação, percebeu que diversas amostras de sangue, que deveriam ser transformadas em medicamentos contra hemofilia e outras doenças, eram armazenadas de forma inadequada, o que as inutilizava.

Folha.com

Comentários

comentários