Integrantes de movimentos sociais bloqueiam seis trechos de rodovias

Seis trechos de quatro rodovias federais que passam por Mato Grosso do Sul estão bloqueados por manifestantes de vários movimentos sociais. O movimento teve início às 6 horas desta quarta-feira (27).

O bloqueio teve início as 6 horas (Foto: Divulgação)
O bloqueio teve início as 6 horas (Foto: Divulgação)

Segundo o portal Correio do Estado, congestionamentos já são registrados em vários pontos e a previsão é que o bloqueio dure o dia todo.

Participam da manifestação integrantes dos grupos MST, MCLRA, NOVO, Fetagri, CUT, MSTB, CTB, LIGAS CAMPONESAS, OLT e LUTAS. O movimento ocorre em todo o país e o manifesto é motivado por cinco reivindicações, entre elas, pela volta da presidente afastada Dilma Rousseff (PT).

Em Mato Grosso do Sul, estão bloqueadas as rodovias BR 060 – Sidrolândia, BR 267 – Casa Verde, BR 163 – Naviraí, BR 262 – Terenos, BR 262 – Três Lagoas e BR 163 – Rio Brilhante.

Um dos integrantes do movimento, Jonas Campos disse ao Portal Correio do estado que às 7h30 os manifestantes iniciaram o bloqueio no estilo Pare e Siga. Com isso, cada sentido da pista é liberado por vez, situação que deixa o tráfego lento e congestionado em alguns pontos.

Além da saída do presidente interino Michel Temer (PMDB), o grupo protesta pela reforma agrária popular, pela reforma política, contra o fechamento do Ministério do Desenvolvimento Agrário e contra a Reforma da Previdência.

Comentários

comentários