Iniesta tem ruptura parcial no joelho e pode ficar até quatro meses sem jogar

Iniesta cai no gramado com muitas dores no joelho durante o jogo entre Barcelona e Valencia (Foto: EFE)
Iniesta cai no gramado com muitas dores no joelho durante o jogo entre Barcelona e Valencia (Foto: EFE)

O técnico Luis Enrique “ganhou” um problema daqueles para a sequência da temporada com o Barcelona. Neste sábado, o meia Iniesta sofreu um carrinho de Enzo Pérez, do Valencia, caiu no gramado sentindo muitas dores no joelho direito e foi retirado de maca chorando muito aos 13 minutos do primeiro tempo. Acabou substituído por Rakitic. De acordo com comunicado divulgado pelo clube, o jogador sofreu uma ruptura parcial no ligamento do joelho direito. Além disso, passará por exames mais detalhados na Catalunha. Alguns veículos da imprensa espanhola apontam que o espanhol pode ficar entre três e quatro meses afastado dos gramados.

A imagem forte mobilizou os principais sites e jornais de Barcelona, que logo publicaram a preocupação com a gravidade da lesão do meia do Barcelona. O técnico Luis Enrique reclamou muito da entrada do jogador do Valencia, que não recebeu cartão amarelo na jogada.

Nos últimos dias, Luis Enrique perdeu vários jogadores por conta de lesão. Além de Iniesta, que ainda realizará exames mais detalhados para saber qual tratamento realizará e o período de recuperação, Jordi Alba e Piqué deixaram o jogo contra o Manchester City, pela Liga dos Campeões, lesionados. Arda Turan e Rafinha também estão no departamento médico.

Comentários

comentários