Indígena é morto e assassinos forjam suicídio; ex-namorada é suspeita

Gabriel Lopes, 18 anos, morador na Aldeia Bororó, Reserva Indígena de Dourados, foi encontrado morto por volta de 16h50 de sábado, próximo a sua residência. Ele estava amarrado num galho de árvore no momento em que os policiais chegaram.

No primeiro momento as investigações ligavam a um possível suicídio, porém, o pescoço da vítima estava arranhado, sugerindo luta corporal e asfixia.

De acordo com as informações apuradas no local, Gabriel havia terminado relacionamento com uma jovem há pouco tempo e teria recebido ameaças de morte por parte dela e uma pessoa identificada como ‘peixe’ no dia anterior ao crime.

Uma terceira pessoa estaria envolvida no caso, o que é investigado pela polícia. Ninguém ainda foi preso.

Dourados News

 

Comentários

comentários