Idoso esperava namorada sair de casa para estuprar enteada de 11 anos

Acusado de ter estuprado uma criança de 11 anos, um idoso de 62 anos foi preso pela Polícia Militar de Três Lagoas na noite de sábado (18) depois que a mãe da menina descobriu o crime, discutiu com o homem e denunciou o crime às autoridades.

Suspeito aparece em foto com rosto censurado pela polícia – Foto: Divulgação/PM

A mãe da criança é a namorada do acusado e teria descoberto que naquela manhã (18), quando foi até a casa do companheiro para limpar o imóvel, o idoso retornou à residência da mulher, localizada no bairro Jardim da Violetas onde a criança estaria sozinha e cometeu o estupro.

A menina contou para a mãe que aquela não era a primeira vez que o crime teria acontecido e ainda afirmou que era ameaçada pelo idoso que afirmava para a criança que assassinaria ela e a mãe caso alguém ficasse sabendo do abuso sexual.

Quando ficou sabendo do crime, a mãe da criança discutiu com o idoso que durante a briga teria invadido a casa da vítima e pego certa quantia em dinheiro que estava guardada no imóvel e fugiu em seguida.

A vítima acionou a Polícia Militar que através de uma guarnição da ROTAI (Rondas Ostensivas Táticas do Interior) se dirigiram até o local onde foram informados do crime e com o apoio dos agentes do setor de inteligência passaram a realizar diligências pela cidade e localizaram o acusado em um bar no bairro Vila Nova.

O idoso foi abordado pelos oficiais demonstrou muito nervosismo e apesar de negar as acusações foi detido e conduzido até a delegacia de pronto atendimento comunitário (DEPAC) onde foi entregue à autoridade policial de plantão para que as providências cabíveis sejam tomadas.

O conselho tutelar foi comunicado do crime e a criança passa por exames no IMOL (Instituto médico e odontológico legal) que ira constatar se o ato sexual foi consumado. (Com Informações RÁDIO CAÇULA)

Comentários

comentários