Identificado terceiro suicida do ataque ao Bataclan em Paris

Um homem de 23 anos, da cidade francesa de Estrasburgo, foi identificado como um dos terroristas que acionaram o colete de explosivos no ataque à sala de espetáculos Bataclan, em 13 de novembro, em Paris, revelaram fontes policiais citadas hoje (9) pela agência France Presse (AFP).

Foued Mohamed Aggad tinha viajado para a Síria com o irmão e um grupo de amigos no fim de 2013, de acordo com as mesmas fontes citadas pela agência.

A maioria dos integrantes do grupo foi detida na primavera de 2014, quando regressou à França, mas Aggad permaneceu na Síria, disse a fonte.

size_810_16_9_seguranca-bataclan

Foued Mohamed Aggad foi identificado na semana passada por meio de testes de DNA feitos com parentes, acrescentou a AFP.

Os outros dois suicidas que atacaram o Bataclan já haviam sido identificados pelas autoridades francesas.

Um deles era Sami Aminour, nascido em 15 de outubro de 1987 em Paris. Contra ele havia um mandado de prisão internacional da Justiça francesa por ter desrespeitado as regras de controle a que estava sujeito, viajando à Síria em setembro de 2013.

O outro autor do ataque ao Bataclan era Ismail Omar Mostefai, também francês, nascido há 29 anos em Courcouronnes, no sudeste de Paris, condenado por oito delitos menores entre 2004 e 2010. Ele estava identificado pelos serviços secretos franceses como possível radical islâmico há um ano.

No ataque à sala de espetáculos Bataclan, em Paris, no dia 13 de novembro, morreram 90 pessoas. Na mesma noite, foram registrados diversos ataques simultâneos na capital francesa, deixando um total de 130 mortos.

Os atentados foram reivindicados pelo grupo extremista Estado Islâmico.

Agência Brasil

Comentários

comentários