Identificada dupla morta durante confronto com o Batalhão de Choque

Foram identificados como Vinícius Dias Teodoro da Silva, 16 anos, conhecido como “camundongo”, e Fabrício Cosmo de Souza, 23 anos, o “linguarudo”, a dupla morta durante uma troca de tiros com o Batalhão de Choque da Polícia Militar na manhã desta quarta-feira (30), no bairro Aero Rancho.

De acordo com informações da Polícia Civil, Vinícius e Fabrício têm envolvimento com o latrocínio do estudante Thiago Cruz Martins, 24 anos, morto no último sábado (26), no bairro Coophamat, na Capital. Um terceiro envolvido, Pedro Gabriel Matsumoto Cruz de Freitas, 18 anos, foi preso momentos antes da troca de tiros, na mesma região.

Confronto ocorreu na manhã desta quarta-feira (30). Foto: Divulgação
Confronto ocorreu na manhã desta quarta-feira (30). Foto: Divulgação

O caso

A polícia recebeu a denúncia de que os suspeitos de matarem Thiago durante um assalto, estavam em uma residência na rua João Oliveira Machado, no bairro Aero Rancho.

Os policiais foram até o local, onde houve troca de tiros com os suspeitos e eles acabaram sendo baleados. Eles foram socorridos e encaminhados ao Hospital Regional, mas não resistiram e morreram.

O caso foi encaminhado para a Delegacia Especializada em Repressão a Roubos e Furtos (Derf).

Comentários

comentários