Homem vai ajudar ex-patrão embriagado e acaba morto com tiro no pescoço

Edson Ojeda Pedrosa, de 31 anos morreu na manhã desta terça-feira (23) depois de ser atingido por um tiro no pescoço ao tentar ajudar um idoso, de 60 anos, que estaria embriagado em um bar, na cidade de Rio Brilhante, localizada a 158 quilômetros de Campo Grande.

Segundo a esposa da vítima que procurou a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac), o marido foi atingido por volta das 21h30.

De acordo com o boletim de ocorrência registrado na delegacia de policia civil da cidade, ela disse que ouviu de testemunhas que uma pessoa conhecida como “Lorito”, que tem aproximadamente 60 anos e é ex-patrão da vítima, estava em um bar visivelmente embriagado, pedia para alguém levá-lo embora, mas ninguém queria ajudá-lo.

Por conta do horário, Edson decidiu ajudar e por motivos desconhecidos foi atingido no pescoço por um tiro. Ferido, o homem foi encaminhado ao Hospital da Vida, de Dourados, por populares, onde faleceu por volta das 5 horas de hoje.

Ocorrência foi registrada como homicídio simples e o suspeito ainda não preso.

Comentários

comentários