Homem que provocou explosão em aeroporto de Bruxelas deixou testamento

A procuradoria federal belga afirmou nesta quarta-feira (23) que o autor do ataque ao aeroporto Zaventem, Ibrahim El Bakraoui, deixou um testamento em um computador encontrado pelos investigadores no bairro de Schaerbeek, em Bruxelas, na Bélgica.

Enquanto ele provocou a explosão no aeroporto Zaventem, o irmão dele, Khalid, detonou os explosivos na estação de metrô Maelbeek, segundo a Reuters.

No documento, ele afirma “não saber mais o que fazer” porque é “procurado em todos os lugares, de acordo com a France Presse.

O procurador Frédéric Van Leeuw, em coletiva de imprensa, declarou ainda que o equipamento estava em um lixo no bairro de Schaerbeek, onde a polícia realizou na terça-feira operações de buscas.

Os policiais conseguiram encontrar “15 quilos de explosivo do tipo TATP, 150 litros de acetona, 30 litros de água oxigenada, detonadores, uma mala cheia de pregos, bem como material destinado a confeccionar artefatos explosivos”, informou.

Van Leeuw afirmou ainda que 31 pessoas morreram e 270 ficaram feridas nos ataques até o momento.

via G1

Comentários

comentários